VOCÊ TRABALHA MUITO? VEJA COMO DEVE SER SUA DIETA!

A vida das pessoas fica a cada dia mais atribulada, com mais compromissos e cada vez com menos tempo livre, até mesmo para necessidades básicas, como exercitar-se e alimentar-se corretamente. Com isso, a grande maioria das pessoas que trabalha tem dificuldades em manter uma dieta regrada, controlada e saudável. Se esta pessoa tiver que se alimentar na rua, o problema é ainda maior, pois infelizmente neste caso, geralmente o fast food é o que prevalece, mas isso não quer dizer de maneira alguma que, se este for o seu caso, não haja solução para ele. Escolher os alimentos de maneira adequada, evitando grandes períodos sem se alimentar é o passo inicial para isto.

COMO ESCOLHER OS ALIMENTOS?

Escolher as melhores opções para quem leva um ritmo de vida atribulado é fundamental, mas geralmente uma tarefa bastante árdua e difícil, cercada de dúvidas. Inicialmente as pessoas se baseiam apenas na questão calórica, o que de certa forma está correto, mas de forma alguma é o único quesito que deve ser levado em conta.

Uma das coisas que faz com que os alimentos fiquem mais calóricos é a presença de gordura em sua composição. Isso ocorre, por que cada grama de lipídio contém 9 calorias, por sua vez, cada grama de carboidrato, proteína ou qualquer outro nutriente, contém apenas 4. Por isso, os alimentos gordurosos devem ser abolidos de sua dieta, sem mencionar o quanto eles fazem mal para sua saúde cardíaca e vascular.

Outro fator a ser levado em conta é o índice glicêmico dos alimentos. Este índice se refere a velocidade de absorção deles. Para você entender melhor, os alimentos ao serem absorvidos por nosso metabolismo, tem retirados os principiais nutrientes, e armazenados em células musculares, fígado e plasma sanguíneo.

Caso estas reservas estejam completas, os nutrientes serão então convertidos em gordura e armazenados nas reservas adiposas. Alimentos com baixo índice glicêmico, além de manterem a sensação se saciedade, tem uma absorção mais lenta. Com isso enquanto são absorvidos, já vão sendo utilizados pelo organismo. Existem diversos alimentos que se encaixem neste quesito, como os integrais, leguminosas, amendoim, vegetais entre outros.

Como você sabe, comer a cada 3 horas é o essencial. Nos lanches entre as principias refeições escolha alimentos com baixo índice glicêmico é fundamental. Algumas frutas como ameixa, pêssego, maçã com casca e outras, além do amendoim, aveia e outros, são ótimas opções. Como você não vai ter muito tempo para comer, escolha alimentos práticos, que não demandem preparo e que supram suas necessidades. Sucos também são bem vindos, desde que sejam naturais e sem açúcar.

Lembre-se que as refeições principais, café, almoço e janta, devem ser feitos com todo o cuidado para que não ultrapassem o limite de calorias. Deixar de fazer uma destas é um erro bastante comum, pois acaba deixando a pessoa com muita fome para a próxima refeição. Fora isto, é praticar atividade física, cuidar com os deslizes da alimentação, e sempre optar por alimentos saudáveis.

Deixar uma resposta